Iniciando HTML 5

Logo HTML 5

Esse é nome provável da próxima versão HTML, mas nesse momento o nome da versão ainda não está definido.

Já na primeira linha há uma mudança no Doctype nesta nova versão, a declaração é mais simplificada, e sempre deverá ser primeira linha de código do documento, antes da tag HTML


Estrutura básica:

<!DOCTYPE HTML>
<html lang="pt-br">
<head>
<meta charset="UTF-8">
<link rel="stylesheet" type="text/css" href="estilo.css">
<title></title>
</head>
<body>
 " Conteúdo da página "
</body>
</html>

Doctype não é uma tag do HTML, mas uma instrução para que o browser receba informações,sobre especificações do código que pode ser HTML 4.01, XHTML 1.0 ou 1.1 e agora o HTML 5, declara a versão da linguagem de marcação em que foi escrita a página.

DTD – ( document type declaration ) definição do tipo de documento:
Não é mais necessário declarar no código como nas versões anteriores, no HTML5 a referência de DTD à utilizar é responsabilidade do Browser

HEAD:
No “head” encontra-se os metadados, que são informações sobre a página e o
conteúdo publicado.

Metatag Charset: No exemplo há uma metatag responsável por selecionar qual tabela de caracteres a página está utilizando.

<meta charset="utf-8">

Nas versões anteriores ao HTML5, essa tag era escrita da forma abaixo:

<meta equiv="Content-Type" content="text/html; charset=utf-8">

Essa forma antiga será também suportada no HTML 5. Contudo, é melhor que você utilize a nova forma.Por que utilizar um Unicode: a Web é acessada por pessoas do mundo inteiro, ter um sistema ou um site que limite o acesso e pessoas de outros países é algo que vai contra a tradições e os ideais da internet. Por isso, foi criado uma tabela que suprisse essas necessidades, essa tabela se chama Unicode. A tabela Unicode suporta algo em torno de um milhão de caracteres. Ao invés de cada região ter sua tabela de caracteres, é muito mais sensato haver uma tabela padrão com o maior número de caracteres possível.
Atualmente a maioria dos sistemas e browsers utilizados por usuários suportam plenamente Unicode. Por isso, fazendo seu sistema Unicode você garante que ele será bem visualizado aqui, na China ou em qualquer outro lugar do mundo.

O que o Unicode faz é fornecer um único número para cada caractere, não importa a plataforma, nem o programa, nem a língua.

Tag link: Há dois tipos de links no HTML: a tag “a”, que são links que levam o usuário para outros documentos e a tag “link”, que são links para fontes externas que serão usadas no documento. No nosso exemplo há uma tag link que importa o CSS para nossa página:

<link rel="stylesheet" type="text/css" href="estilo.css">

O atributo rel=”stylesheet” indica que aquele link é relativo a importação de um arquivo referente a folhas de estilo. Fim da tag “head”.

Esse artigo é de minha autoria e foi publicado no Blog Websayans em outubro de 2010.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

*