Bulldozer será lançado em setembro

amd_bulldozer   Bulldozer

Nova arquitetura da AMD, oito anos se passaram desde o lançamento anterior em 2003 chamada K10, que originou o Athlon 64 substituindo o Athlon XP. Esta nova arquitetura codinome Bulldozer é completamente diferente da atual AMD64, por que foi totalmente refeita, a partir do zero.

Recentemente circulou na internet comparação de desempenho destes processadores com processadores Intel, mostrando processadores Bulldozer muito superior aos da linha Intel, mas as notícias eram falsas, e o site que originou as notícias pediu desculpas e informou que recebeu essse material e publicou.

Os próximos processadores receberam prefixo FX, é o FX está de volta, e de início receberão pinagem do atual AM3+, mas será por pouco tempo até a substituição do  soquete para uma nova pinagem.

A outra novidade se chama Turbo CORE, tecnologia semelhante à Turbo Boost  dos processadores Intel. O Turbo CORE faz verificações constantes no processador para averiguar o quanto de poder de processamento está sendo utilizado. O valor obtido por essa medida é o ACP ( Average CPU Power, que em português significa Potência Razoável da CPU ).

Turbo CORE que permitirá ao processador fazer overclock automático caso você esteja rodando programas pesados exigindo mais do processador, e se a dissipação térmica ainda estiver dentro da especificação. Este incremento de processamento já ocorre nos últimos modelos do Phenom II.

Gerenciamento de Energia

A AMD incluiu alguns novos recursos  para o gerenciamento de energia na arquitetura Bulldozer, a mais importante sendo o chaveamento de circuitos (“power gating”), que permite desligar alimentação das unidades que não estão sendo utilizadas para economizar energia. Este recurso pode desligar completamente qualquer “núcleo” do processador que não esteja sendo usado.

Núcleos

Dois processadores formarão um conjunto ou um módulo internamente, compartilhando alguns recursos, essa nova estrutura interna foi adotada para melhorar o desempenho e reduzir custos. Um processador de 8 núcleos possuirá 4 módulos.

Os primeiros modelos a chegar serão o FX-8100, o FX-8150 – ambos previstos para o dia 19 de setembro com oito núcleos. Ainda em setembro estão previstos os lançados do FX-6100, o FX-4100. Já o FX-8120, o FX-8170 estão previstos para o primeiro trimestre de 2012.

Série 6xxx possuirá 6 núcleos e 4xxx possuirá 4 núcleos. Todos com tecnologia de 32nm.

bulldozer fx

Pequeno histórico das Microarquiteturas da AMD.

K7 microarquitetura  – possibilitou a criação do Athlon e Athlon XP, foi um projeto muito avançado para sua época.
K8 microarquitetura – lançado em 2003 também chamado de Hammer ou Marreta deram origem aos processadores 64 bits ou AMD64, acrescentou um sistema integrado controlador de memória, HiperTransport substituto do barramento frontal ( fsb ), cache L2 de até 1MB, SSE2 e mais tarde SSE3
K10 microarquitetura  –  adicionado cache L3 compartilhado, ponto flutuante de 128 bits, Hipertransport 3.0 e sistema de virtualização.

TDP Power Cap

Somente para  usuários corporativos e processadores opterons, esta tecnologia permitirá regular o TDP de forma a controlar o consumo de energia e o poder de processamento dos data centers.

Configurando os limites do TDP do processador que possuirá incrementos de 1W, desta forma, ao invés de escolher entre vários modelos com diferentes consumos de energia, será necessário somente o reajuste do TDP.

Um exemplo: na área de web é necessário menor processamento então será ajustado para menor consumo de energia, na área de edição de imagens é necessário maior poder de processamento então será liberado maior consumo de energia.

 

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

*